.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>
_

_ domingo, janeiro 06, 2008 _


volto a entrar no bar para o abrigo da chuva, outra imperial, ir à casa-de-banho, etc. na parede da casa de banho, escrito a marcador preto, "os nossos corações a coaxar numa folha branca", frase injustificada e sem sentido, mas também musical e épica naquele espaço (a concavidade de um vão de escada). um pouco mais acima, a tinta azul, outra pessoa escreveu "a existência é um tráfico". não concordo que a existência seja um tráfico.
João | 21:32 |

3 Comments:

At 8/1/08 01:12, Anonymous Pedro Oom said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 1/2/08 08:42, Blogger Hugo Sousa said...

Na verdade, concordas com alguma coisa que não seja dita por ti? ;)
Os eternos pseudo-rebeldes deste pais. "Tenho a mania que sou diferente".

 
At 1/2/08 10:59, Blogger João M said...

hugo, não tenho realmente um critério para apagar comentários. apaguei o comentário do Pedro Oom porque ele foi pseudo-rebelde.

 

Enviar um comentário

<< Home