.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>
_

_ quarta-feira, junho 07, 2006 _


na praia
estava um casal a dois metros de distância. o rapaz aparecia primeiro, ela quase não se via. eu lia um artigo sobre a presença da GNR em Timor Lorosae, e olhava as fotografias dos GNRs, quando reparei que o rapaz tinha um corpo interessante (podia ser um GNR em Timor).

observei o casal com atenção. ele estava a ser muito afectuoso, tão afectuoso, a fazer coisas tipo sussurrar ao ouvido, cócegas na barriga, beijos no pescoço. esteve nisto durante quase uma hora. e por acaso não tinha nada o tipo de corpo de pessoa afectuosa, o que me confundiu.

a rapariga, da qual só via uma perna e um braço (não aparecia no meu campo de visão) (de qualquer forma não era bonita), não reagia, o que me começou a irritar, pelo que virei as costas ao casal e prossegui na leitura do jornal.

a crónica da Teresa de Souza - a influência de Condoleeza Rice sobre Bush é mil vezes maior do que a de Dick Cheney.

virei-me para poder observar o casal outra vez (estava obcecado). a rapariga tinha a cabeça levantada, chorava. não consegui disfarçar o meu interesse quando percebi isto (foi um choque), de maneira que ela acabou por retribuir a atenção e também olhou para mim.

João | 00:56 |

5 Comments:

At 7/6/06 11:28, Blogger serrano said...

Eu estava na praia com o meu namorado e a dois ou três metros de distância estava um grupo de seis homens na casa dos trinta. Deito-me sobre o meu namorado, acaricio-lhe o cabelo, beijo-o. Os nossos corpos ondoleiam sobre a toalha. Um homem sai do grupo, caminha na nossa direcção. "Não se importam de demonstrar o vosso afecto e carinho de outra forma?", disse, e voltou para o grupo.

 
At 8/6/06 11:09, Anonymous Anónimo said...

Às vezes isso do carinho do homem sem retribuição da mulher é porque o homem fez asneira e a magoou bastante.
Há que ter isso em consideração, tá?

 
At 8/6/06 14:01, Anonymous dinis said...

o anónimo tem a sua razão.

 
At 9/6/06 11:58, Anonymous Guarda Abílio said...

Teresa de Sousa, Dick Cheney, e o amor físico e à nossa frente são coisas totalmente incompatíveis.

 
At 11/6/06 09:04, Blogger jose said...

por alguma razão ao ler este post lembrei-me do twilight zone, mas a cores.

 

Enviar um comentário

<< Home