.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>
_

_ segunda-feira, janeiro 09, 2006 _


depois dos olás, a primeira frase completa quando cheguei este fim-de-semana a Alcobaça foi

consegues gravar-me a Madonna?

quem perguntou foi a tia Idalina.
para contextualizar a importância histórica da frase, convém dizer que a minha tia só ouve música quando limpa a casa, e mesmo isto é muito raro, visto que a limpeza começa em absoluta coincidência com a transmissão matinal da missa. posso afirmar com 99% de certeza que, de há três anos para cá, este hábito apenas foi interrompido pelo hype dos três rapazes romenos do Dragostea e pelo Beto. a Madonna será a terceira força musical a quebrar a ligação doméstica com a Santa Igreja, durante um período que se espera não ultrapassar as duas semanas, após o qual a tia Idalina recuperará a consciência aguda de ser uma alma incapaz de concluir uma caminhada até Fátima (no distante ano de 1997).

seja como for, Madonna, tu atingiste o auge. a sério.
João | 15:19 |

6 Comments:

At 9/1/06 17:56, Blogger rita said...

já estou farta da madonna

 
At 9/1/06 19:18, Blogger O Puto said...

Não é por nada, mas por estes lados a Madonna tem originado mais discussões que impulsos para dançar.

 
At 10/1/06 10:27, Blogger Daniel J. Skråmestø said...

Curioso, eu também tenho uma tia chamada Idalina!

 
At 10/1/06 11:16, Anonymous Anónimo said...

"a Madonna tem originado mais discussões que impulsos para dançar", Puto.

Já dizia o outro, I rather dance with you than talk with you.

Filipe.

 
At 10/1/06 11:42, Blogger O Puto said...

Filipe: felizmente não sou eu que discuto a Madonna. Falava dos meus amigos. E olha que a discussão foi bem acesa. Acesa por acesa, prefiro incendiar a pista de dança.

 
At 10/1/06 12:26, Blogger Luis Gaspar said...

O Dragoestea rulava.

 

Enviar um comentário

<< Home