.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>
_

_ terça-feira, setembro 06, 2005 _


será que resta alguma riqueza interior às pessoas que deitam tudo cá para fora?

João | 13:12 |

7 Comments:

At 5/9/05 15:42, Blogger rita said...

espero que sim.

 
At 5/9/05 22:53, Blogger Monastero said...

deitar cá para fora apenas se:

1) for absolutamente verdade;
2) for indubitavelmente útil;
3) for feito de forma amorosa.

Não é o que se deita ou o que se guarda, mas o como se gere estas coisas que definem a riqueza de cada um.

 
At 6/9/05 14:56, Blogger gonn1000 said...

Este blog anda muito introspectivo ultimamente... Parece-me que o João sobrepôs-se ao Miguel, não? :P

 
At 6/9/05 16:35, Anonymous margarida said...

Tenho quase a certeza que sim!

 
At 6/9/05 16:38, Blogger João M said...

Gonçalo, ando numa fase pouco inspirada. Isto é de ciclos, sabes...
Monastero, não concordo com o ponto 2.
Rita e Margarida, eu tb acho que sim. Foi uma pergunta retórica.

 
At 7/9/05 12:14, Blogger Monastero said...

É uma máxima budista, não me batas. E eu não discordo. A definição de "utilidade" é que pode não ser a mais linear.

 
At 19/9/05 01:11, Blogger O Puto said...

Cá para mim tem que haver um equilíbrio entre o que se deita para fora e o que fica cá dentro.

 

Enviar um comentário

<< Home