.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>
_

_ quarta-feira, agosto 24, 2005 _


Com o primeiro álbum foram muito bons. Ao segundo álbum continuaram a ser bons, mas desconfiei: é o tipo de banda que só dura uma década, edita no máximo cinco discos e fica inscrita nas enciclopédias da pop com uma estreia fulgurante e um punhado de bons singles nos discos seguintes. Ao terceiro disco confirmo. Refiro-me aos Goldfrapp. A primeira desilusão são as letras. Não é que os anteriores fossem exactamente epopeias poéticas, mas as letras tinham qualquer coisa de impenetrável que iludia. Por muito boa que uma música seja, não há nada a fazer contra uma letra pateta. E no lado formal também não estamos ao melhor nível. No "Black Cherry" aliavam a pop à experimentação electro de uns Add(N)To X, mas aqui as músicas são todas muito certinhas, sempre com os refrões no lugar certo, uma chatice comparando com o que os Goldfrapp já fizeram.



Comprei ontem o disco na FNAC do Chiado. Estacionei o carro no S.Luiz e quando voltei alguém tinha forçado a fechadura. Não sei se isto influenciou a minha opinião sobre o "Supernature", mas o que é certo é que não roubaram o rádio, por isso pude ouvir o disco no regresso a casa. Há alguma lógica nas vontades do mundo, não há? Ainda assim, o disco não salvou o dia.

João | 10:05 |

14 Comments:

At 24/8/05 10:35, Blogger gonn1000 said...

Foste ao Nimas ontem? Acho que te vi...

 
At 24/8/05 10:42, Blogger João M said...

Não fui ao Nimas. Obrigado de qualquer forma por não me teres cumprimentado, hein? Mas ainda bem que não o fizeste, porque não era eu.
Ps: (Como é que eu era? Tenho sempre curiosidade em saber como são os rapazes com quem me confundem.)

 
At 24/8/05 11:15, Blogger gonn1000 said...

Calma lol. Eu estava umas quantas filas atrás do tal que era parecido contigo, e como também não tinha a certeza se serias tu não disse nada. Como é que ele era?? Huh, parecido contigo, or so it seemed :P
Mas pronto, só para não pensares mal de mim até te digo que "O Seu Irmão" está hoje no Nimas. Vi ontem e recomendo ;)

 
At 24/8/05 12:38, Blogger O Puto said...

Deixo o meu julgamento para quando ouvir o disco. Mas, como já referi num post passado, não dou assim tanta importância às letras, a não ser que sejam ridiculamente patéticas. Mas podem ser deliciosamente tolas que eu gosto, e é o caso de algumas dos Suede, por exº.

 
At 24/8/05 14:11, Blogger Daniel J. Skråmestø said...

ainda não ouvi o disco mas de um ponto de vista unicamente teórico acho que prefiro chlichés tolinhos a pretenciosismos cripticos.

Aqui vai um das melhores momentos pop dos ultimos tempos. A letra a seco é das maiores patetices de sempre mas quando se ouve parece embuida de verdade épica e itemporal.

Artist: Annie
Song: Heartbeat

Lyrics :

There was a time
Everybody was around
And I was dancing with you

We all went down
To the party friday night
And had a drink there or two

Oh what a hit
Of a loving heartbeat
That's electricity

Majestic sound
Round and round and round
Glad you're next to me

Feel my heartbeat
Trembling to the beat
Like a symphony

Feel my heartbeat
Trembling to the beat
Like a melody

Come see

Time after time
Everybody came around
And I was dancing with you

Don't know your name
Making me ashamed
To feel the way that I do


The lights went out
Couldn't be without
It was a place to be

I won't forget
Greatest times ahead
When I was dancing with you

 
At 24/8/05 14:34, Anonymous Anónimo said...

Que cambada de ladrões. Na canção da Annie o mais importante não é a letra. É a batida. Parece mesmo um coração a bater. Estive a ouvir hoje de manhã.

Filipe.

 
At 24/8/05 15:23, Blogger João M said...

Puto e Daniel, o que seria de nós sem bandas como os Smiths? Então não gostam de chegar a casa e ir ouvir a música que é the-story-of-my-day? A última vez que uma necessidade dessas me surgiu, foi para ouvir o "some guys have all the luck" do rod stewart. É óbvio que o stweart não é nenhum cohen, mas não é preciso ser poeta para fugir à trivialidade. As letras da goldfrapp são: "fly me away, on an aeroplane". isto é o quê? isto não diz nada sobre a vida, ao contrário de "some guys have all the luck".

 
At 24/8/05 15:25, Blogger João M said...

Exemplo de letra tolinha que diz tudo sobre a vida:

Some guys have all the luck
Some guys have all the pain
Some guys get all the breaks
Some guys do nothing but complain

Alone in a crowd on a bus after work
And I’m dreaming
The guy next to me has a girl in his arms
My arms are empty
How does it feel when the girl next to you
Says she loves you
It seem so unfair when there’s love everywhere
But there’s none for me

(chorus)

Someone to take on a walk by the lake
Lord let it be me
Someone who’s shy
Someone who’ll cry at sad movies
I know I would die if I ever found out
She was fooling me
You’re just a dream and as real as it seems
I ain’t that lucky

(chorus)

All of my friends have a ring on their finger
They have someone
Someone to care for them it ain’t fair
I got no one
The car overheated
I called up and pleaded
There’s help on the way
I called you collect you didn’t accept
You had nothing to say

(chorus)

But if you were here with me
I’d feel so happy I could cry
You are so dear to me
I just can’t let you say goodbye

 
At 24/8/05 15:25, Anonymous Anónimo said...

"Oh la la la la" pode ser a história da vida de muitas pessoas.

Filipe.

 
At 24/8/05 17:13, Blogger Luis Gaspar said...

A letra pode nao ser nada de especial, mas ao menos pouparam na musica. So conheco o single, e a batida e a mesma do Strict Machine.

 
At 24/8/05 18:26, Blogger João M said...

Luís, não acho o disco mau, é só uma desilusão comparado com os anteriores. As batidas são as mesmas do "black cherry".

Já agora,
The car overheated
I called up and pleaded
There’s help on the way
I called you collect you didn’t accept
You had nothing to say


Só quero que ninguém deixe passar a melhor parte da letra.

 
At 25/8/05 03:10, Blogger Kraak/Peixinho said...

Ainda naum ouvi o CD. Mas já li algumas críticas um pouco mordazes... Sem dúvida os 2 primeiros álbuns eram excepcionais, mas pelo que sei este tem um toque e estilo completamente diferente. Depois volto para dizer se concordo contigo.

... e as letras: claro que são importantes! Dizem muito e contribuem de uma forma elegante ao esplendor da música como um todo! Mesmo que sejam tolinhas :P

Qto ao carro, naum fiques assim! Já falámos hoje sobre o assunto! Eu faço-te uma nova capa do CD, okis?

Hugzzz Oh La La La La

 
At 26/8/05 03:52, Blogger Rogério Nuno Costa said...

os goldfrapp morreram quando disseram algures que não gostaram nada do vídeo que (lhes) foi feito para o 'lovely head'...

how can it be possible?!

 
At 26/8/05 11:37, Blogger João M said...

Rogério, esse não é um vídeo em que se atiram cadeiras a arbustos? Só o vi uma vez, e gostei muito. Mas olha que não é lá muito "grande público". Parece uma instalação artística.

 

Enviar um comentário

<< Home