.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>
_

_ quinta-feira, julho 07, 2005 _


mais música

Ontem, ao procurar a música pop perfeita e perdida na minha colecção de discos, desencaixotei dois discos.

Reparo agora na coincidência da cara de ambos os autores aparecer escondida entre luz e sombra, e de como o elemento mais predominante num e noutro lhes serve de adjectivo.
O primeiro foi uma tentativa de ter um disco da KD Lang, senhora dona de uma senhora voz. Imagino que este trabalho seja um atípico na carreira dela, habitualmente mais clássica. Não é nada de especial, eu só queria ter um disco da KD Lang. Mas no meio de músicas pop falhadas, atulhadas de efeitos electrónicos, a música pop perfeita surge logo na segunda faixa, onde, desde os coros ao refrão, nada falha. Chama-se "Summerfling". O refrão:
Sweet, sweet burn of sun and summer wind
And you my friend
My new fun thing
My summerfling
Laugh... oh how we would laugh at anything
And so pretend of never ending summerfling

Sobre a euforia que dura pouco. No videoclip ela jogava voleibol com as amigas e depois iam para casa fazer pipocas. É bem possível que na manhã seguinte se sentisse melancólica. A mim faz-me dançar sozinho no quarto.

O segundo disco é, por enquanto, o único que tenho do Mark Eitzel. Todas as músicas que ele escreve sobre a solidão e rejeição põem-me à beira do choro. Obviamente, neste território, a música pop perfeita assume contornos mais densos e tristes. Chama-se "Can you see?".
If this is being blind and wrong give me more and more
And let me light up the hand and let me pull the truth through
But if the truth won't make you happy
What would you do?
The truth is that I'm happy when I'm with you

Importa também dizer que a última coisa que o Mark Eitzel canta neste disco é it is important throughout your life to proclaim your joy. Que sábio. Yeah.

João | 10:15 |

5 Comments:

At 7/7/05 10:59, Blogger gonn1000 said...

Não ouvi nenhum desses discos...Devo confiar no teu gosto??

 
At 7/7/05 18:39, Blogger Kraak/Peixinho said...

Eich! Tenho alguns antiguinhos do Mark Eitzel, hehe :) Boa boa! Agora nos American Music Club. Confia, Gonn; acho ke vais gostar.

João, obrigado pela tua visita ao Kraak FM e vou passar a visitar este teu canto com regularidade.

Hugzzz (sem Chimene Badi, LOL)

 
At 7/7/05 18:54, Blogger bicho_de_conta said...

Mark Eitzel é, como agora se diz, love. E esse álbum marcou o começo da minha relação com a obra do senhor. Ouve o 'Myopic Books' do "novo" dos American Music Club, João, deves gostar! :)

beijos,

Lia

 
At 10/7/05 00:58, Blogger Eo said...

Pois, esse álbum da k.d. lang é mesmo um pouco atípico. Também o achei demasiado produzido, com muita electrónica supérflua. O "Live By Request" é muito melhor, para além de termos os clássicos dela também podemos ouvir umas quantas faixas do "Invincible Summer" sem os tais efeitos electrónicos.

 
At 25/7/05 15:06, Blogger Draco said...

Esse album da K.D. Lang foi a minha banda sonora de Verão de há alguns anos atrás!
Quando ouço algumas músicas ainda sinto o cheiro salgado das ondas de um mar qualquer, o calor meloso e o cansaço provocado pelo sol.
Considero-o um lindo album.

A música que começa com "My ordinary days, are spent inside a maze..." é linda!

Boa música...

 

Enviar um comentário

<< Home